Marcação pelo WhatsApp (73) 98185-1881

Exames Realizados  

Tomografia Computadorizada Multislice de 16 canais



A tomografia computadorizada (TC) é um dos métodos de exame mais confiáveis e seguros disponíveis atualmente. É rápida, simples e totalmente indolor. A TC utiliza um aparelho de raios-X que gira a sua volta, fazendo radiografias transversais de seu corpo. 
 
Estas radiografias são então convertidas por um computador nos chamados cortes tomográficos. Isto quer dizer que a TC constrói imagens internas das estruturas do corpo e dos órgãos através de cortes transversais, de uma série de seções fatiadas que são posteriormente montadas pelo computador para formar um quadro completo. Portanto, com a TC o interior de seu corpo pode ser retratado com precisão e confiança para ser depois examinado.

Por que não somente raios X?

Ao contrário da maioria dos exames de raios-X, a TC pode detectar até as menores alterações, em tecidos, por exemplo, precocemente. Isto naturalmente simplifica o tratamento e melhora as chances de recuperação. Além do mais, a TC torna possível retratar as partes do corpo em três dimensões e deste modo certas áreas que estão superpostas podem ser examinadas.

Como funciona a Tomografia Computadorizada?

Você simplesmente deita-se numa confortável mesa de exame que, muito lenta e suavemente, vai passando através de uma abertura na unidade de TC. Ao mesmo tempo, o anel de raios X no interior do Tomógrafo vai girando à volta da mesa de exame, tomando fotos altamente detalhadas que podem posteriormente ser exibidas em imagens de três dimensões. Deste modo, a TC pode cobrir extensas seções do corpo num só exame. Normalmente, uma ou duas áreas de um órgão são examinadas, como, por exemplo, o pulmão e a região abdominal, a cabeça e o pescoço etc. Os parâmetros adquiridos através das medições podem ser traduzidos em fotografias. Estas são imagens transversais de planos extremamente finos do interior de seu corpo. Portanto, em muitos casos, mesmo o mais minúsculo processo patológico pode ser identificado.
O que ocorre após o exame?
O radiologista usará as imagens obtidas durante o exame com a TC, para efetuar o diagnóstico e emitir um laudo.

O que ocorre durante o exame?

Durante o exame, você é atendido por uma equipe especializada em TC, com a qual permanecerá em contato visual e vocal constante. Apenas relaxe, ficando imóvel na mesa de exame, e siga as instruções da equipe de TC. Os exames duram de 5 a 30 minutos, dependendo da área do corpo que estiver sendo examinada. 
 
As exposições aos raios X, na realidade, levam apenas alguns segundos. Considerando que, como pode ser visto nas ilustrações o tomógrafo possui abertura bem ampla, você não sentirá incomodo de espécie alguma.

Qual a diferença entre a Tomografia Helicoidal e a Tomografia Multislice?
O número de cortes obtidos por segundo: na Tomografia Helicoidal, normalmente é gerada uma imagem a cada segundo, já na Tomografia Multislice, a cada segundo são gerados vários cortes. O número de cortes por segundo dependerá do número de detectores do aparelho.

Dúvidas Frequentes

- O que é uma tomografia computadorizada?
É um método de exame realizado por um aparelho capaz de obter imagens internas do corpo humano, por meio de radiação ionizante (raios-X), com visualizações tridimensionais, e nos vários planos ortogonais.
 
- O que é um tomógrafo computadorizado multidetector (multi slice)?
Trata-se de um equipamento de última geração para realização de tomografia computadorizada. O multidetector realiza exames em curtíssimo intervalo de tempo e permite a visualização de cortes mais finos das imagens. Esse equipamento promove reconstruções tridimensionais e nos vários planos ortogonais, apenas após uma aquisição volumétrica de imagens. Dependendo da quantidade de detectores, realizam exames cardíacos e de coronárias (aparelhos com 64 detectores ou mais). 
 
- Toda tomografia computadorizada tem contraste?
Não, apenas aquelas que têm indicação específica.
 
- Quando usar o contraste venoso (injetável) para a realização de uma tomografia computadorizada?
O meio de contraste, como o próprio nome diz, serve para destacar as estruturas com maior ou menor vascularização, diferenciando-as dos tecidos normais. A indicação sobre as situações em que é necessária a utilização de contraste venoso vai depender da avaliação médica a partir do quadro clínico apresentado pelo paciente. 
 
- Quanto tempo demora para o contraste da tomografia computadorizada sair do corpo? Como é expelido?
Nos pacientes que estão em situação normal em até seis horas., Após a aplicação, o contraste é expelido principalmente pelos rins, por meio da urina. 
 
- De que é feito o contraste da tomografia computadorizada?
Um contraste é feito de uma solução composta por iodo. Atualmente, os contrastes não iônicos, utilizados nas unidades da BDI - BRASIL DIAGNÓSTICO POR IMAGEM, têm a vantagem de ser de baixíssimo potencial alérgico.
 
-Há alguma situação em que uma pessoa não possa fazer uma tomografia computadorizada?
Sim. Grávidas, dependendo da idade gestacional, são desaconselhadas de realizar este exame. Porém, quando fundamental para o diagnóstico, há métodos de proteção de gestantes.
 
- Paciente diabético pode usar contraste venoso da tomografia computadorizada?
Sim. Pacientes usuários de insulina não precisam suspender a administração deste medicamento, pois não tem qualquer interação com o contraste venoso. Os pacientes diabéticos em uso de hipoglicemiantes orais, como os medicamentos à base de glicoforminas, deverão consultar o preparo antes da realização dos exames.
 
- Paciente com insuficiência renal pode usar contraste para realizar tomografia computadorizada?
Sim, desde que bem orientados quanto ao período para a realização da hemodiálise ou diálise peritoneal.

Copyrights ©2015: BDI - Brasil Diagnóstico por Imagem