Marcação pelo WhatsApp (73) 98185-1881

Corpo Clínico  

Corpo Clínico

BDI revoluciona mercado ao armazenar exames dos últimos cinco anos na nuvem.

Todas as imagens e laudos de tomografias, ressonâncias etc. ficarão guardadas sem nenhum custo para médicos e pacientes. O Centro de Diagnósticos Brasil é o primeiro laboratório da América Latina a armazenar na nuvem exames de tomografia computadorizada, ressonância magnética, mamografia, raio-x e ultrassonografias (estas últimas apenas para clientes do CDB Premium), por um período mínimo de 05 anos. Pioneiro e revolucionário, o CDB traz a novidade para o Brasil a partir do início de janeiro de 2013 (já com armazenamento do histórico dos últimos dois anos), ao mesmo tempo em que ela está sendo lançada em outros países, como os Estados Unidos. O CDB está sempre em busca de inovação e qualidade, trazendo o que há de mais moderno no mundo para seus clientes. Graças a uma nova tecnologia (VNI), todas as imagens dos exames ficam com excelente qualidade e tamanho reduzido, podendo ser acessadas de qualquer lugar, a qualquer momento, de maneira segura. Como todo o histórico do paciente ficará armazenado na nuvem, ele não precisa mais levar exames anteriores. Benefícios para médicos e pacientes O armazenamento de exames na nuvem traz ainda uma série de benefícios para médicos e pacientes: melhora a qualidade dos laudos, é aprovado por agências médicas como o FDA (Food and Drug Administration), auxilia os médicos antes de pedirem ou compararem exames, bem como na publicação de estudos e textos científicos. Com o crescimento tecnológico nas últimas décadas, o número de imagens por exame tem ficado cada vez maior, e a limitação dos filmes está mais evidente. Na nuvem, os médicos têm acesso detalhado a todas as imagens, podendo dar zoom, comparar com outros exames etc. O acesso se dá por tipo de exame, paciente ou data, sendo muito mais rápido e prático do que abrir as imagens em um CD. Cabe ressaltar que os exames, laudos e imagens principais continuarão sendo impressos e entregues para os pacientes. Além disso, todos os materiais armazenados na nuvem também podem ser impressos, caso haja necessidade. Motion e Spark O acesso dos médicos aos exames na nuvem será feito por meio do Vue Motion, sistema de comunicação no qual os médicos acessam os exames dos pacientes e podem discutir casos com o corpo clínico do laboratório, em tempo real (com a ferramenta Spark), sem ter que esperar um atendimento telefônico ou resposta de um e-mail. Para usar o Vue Motion , com o Spark e armazenamento de exames na nuvem, não é preciso ter nenhum software específico instalado e o acesso à ferramenta pode ser feito de qualquer computador ou tablet com conexão à internet. Para mais informações, procure o Canal Médico do BDI: (73) 3281-7705 / canal.medico@bdi.med.br.

Spree - Novo equipamento de Ressonância Magnética

O Centro de Diagnósticos Brasil acaba de adquirir, para suas unidades, um novo equipamento de ressonância magnética da Siemens, o Espree. Este equipamento, de última geração, traz muito mais conforto ao paciente, sem perder a qualidade do exame. Tudo isso graças a 10 cm a mais de diâmetro e 80 cm a menos de profundidade (aparelhos convencionais possuem 60 cm de abertura e 1,80m de profundidade e faz exames em pacientes com até 140 kg, enquanto o Espree possui 70 cm de abertura e 1,20m de profundidade e faz exames de pacientes com até 220 kg), o que permite a pacientes de maior porte físico e claustrofóbicos, a realização de exames sem dificuldades e com maior comodidade

Equipamento de ressonância magnética de extremidades chega ao BDI

Agora ficou mais fácil fazer ressonância magnética do joelho, tornozelo, pé, cotovelo e punho. Já chegou ao BDI um equipamento de RM de última geração em formato de cadeira, proporcionando mais conforto e tranquilidade aos pacientes. Trata-se de um sistema sofisticado que não utiliza radiação ionizante, possibilitando diagnóstico avançado das articulações das extremidades do corpo. Assim como a RM em túnel, as imagens são criadas com o auxílio de um magneto e um computador – mas somente a parte a ser examinada ficará posicionada no equipamento. Determinados casos podem necessitar de contraste (não iodado) para que o médico solicitante possa avaliar as imagens com mais informações. O exame completo tem duração média de 30 minutos e continua sendo muito importante que o paciente se lembre de trazer consigo os exames já realizados. Venha conhecer essa novidade no BDI.




Agendar Exame Online
Quero conhecer a Equipe Médica da BDI
Confira quem são os profissionais que proporcionam excelência e eficiência em nossos trabalhos.
Copyrights ©2015: BDI - Brasil Diagnóstico por Imagem